sábado, 11 de março de 2017

A força de amar – poesia de Suzana Castro

Tanto tempo se passou,
Mais não consegui te esquecer,
Agora sou vítima de meu próprio sentimento,
Ao me ver te amar demais,
E sofrer por isso.

Já não sei o que fazer,
Com o amor tão forte que sinto,
Para que ele acabe,
Tão resistente a tantos tombos,
Tantas mágoas.

Eu não quero te amar,
Mas o meu coração quer,
Por mais que eu diga não,
Ele inssiste em sim.

Eu não posso mandar em meu coração,
Apena entende-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário